20/04/2021

Unidade de Hospitalização Domiciliária do CHTV assinala 2 anos

  Em apenas dois anos de funcionamento, a Unidade de Hospitalização Domiciliária do Centro Hospitalar Tondela-Viseu já avaliou mais de 560 doentes para internamento domiciliário e internou aproximadamente 500. O grau de aceitação e satisfação global por parte dos doentes e cuidadores tem sido positivo, ultrapassando os 98%. A Unidade de Hospitalização Domiciliária do Centro Hospitalar Tondela-Viseu foi criada a 15 de abril de 2019, nestes dois anos percorreu quase 115 mil quilómetros e retirou ao modelo convencional de internamento mais de 4 mil dias. Iniciou com uma dotação de 6 camas e presentemente conta com 15 camas de internamento domiciliário. Em termos de custos, este modelo de internamento representa uma poupança de 25% a 30% por doente, em relação ao internamento convencional. Estes indicadores reforçam a excelência do trabalho realizado e a importância no contexto atual e de futuro na saúde em Portugal, fazendo com que este modelo não seja encarado apenas como uma alternativa ao internamento convencional, mas como a melhor alternativa para iniciar ou manter cuidados de nível hospitalar aos doentes elegíveis. É garantida a assistência contínua de cuidados médicos e de enfermagem no domicílio do doente, apresentando claras vantagens no que diz respeito à redução de complicações inerentes aos internamentos convencionais nos hospitais, permitindo ainda uma melhor gestão das vagas hospitalares para o tratamento dos doentes agudos no Serviço Nacional de Saúde (SNS).     ler mais 
13/03/2020

Plano de Contingência COVID-19

  Visitas, Consultas, Serviços Farmacêuticos e outras informações     1 - Visitas / Informação ao familiares 2 - Hospitais de Dia (Novas localizações) - Hemato-Oncológico, Gastroenterologia e Ginecológico 3 - Serviços Farmacêuticos 4 - Consulta Externa 5 - ULGA - SIGIC 6 - Conta Donativos Combate ao COVID-19   1 - Visitas:   Tendo em conta a impossibilidade de controlar os contactos na comunidade com pessoas que viajaram recentemente o Conselho de Administração entende não ser possível manter as visitas neste momento no Centro Hospitalar Tondela Viseu.   Assim, estão neste momento suspensas todas as visitas a doentes internados, sejam, ou não, acompanhantes.   Únicas exceções: - Pai de criança recém-nascida, Pai de criança internada na Neonatologia e Pai de criança na Pediatria com um único horário compreendido entre as 14h30 e as 15h30 - Doentes internados na Unidade de Cuidados Paliativos de Tondela, ou ao cuidado da Equipa Intra-Hospitalar de Cuidados Paliativos que serão analisados caso a caso, pelos médicos das respetivas equipas.     Procurando minimizar o impacto desta medida numa ótica de salvaguarda o bem-estar dos utentes, familiares e comunidade em geral, o Conselho de Administração disponibiliza números de telefone diretos, por enfermaria, para  informação aos familiares:   No caso das especialidades com o número 232 420 500 (geral) os serviços telefónicos farão o devido reencaminhamento.   2 - Hospitais de Dia (Novas localizações) - Hemato-Oncológico, Gastro e Ginecológico     3 - Serviços Farmacêuticos   No âmbito do Plano de Contingência COVID-19, os Serviços Farmacêuticos disponibilizam as seguintes Linhas de Apoio:
  Estes contactos destinam-se a ajudar os doentes que costumam levantar a sua medicação no Hospital São Teotónio de Viseu. Quando contactar os Serviços Farmacêuticos refira sempre o seu número de processo. Exemplos de situações em que o contacto se justifica:
  • Doentes que necessitam de medicação;
  • Doentes que queiram agendar a dispensa da medicação;
  • Doentes que queiram ser representados por familiar ou amigo;
  • Doentes que tenham dúvidas sobre como tomar os seus medicamentos;
  • Doentes que estão a ter queixas novas ou agravamento das queixas anteriores relacionadas com o medicamento;
  • Outras situações, relacionadas com o medicamento, que estão a preocupar os doentes já seguidos nos Serviços Farmacêuticos.
Se enviar uma mensagem eletrónica para o email indicado, deve identificar-se com:
  1. Nome completo
  2. Data de nascimento
  3. Número de utente/processo
  4. Descrever a sua situação/necessidade o mais resumidamente possível
  5. No assunto da mensagem coloque: primeiro e último nome, seguido do número de processo.
  As mensagens dos doentes serão sempre avaliadas por um farmacêutico e o doente receberá sempre uma resposta. Obrigado e proteja-se, seguindo as recomendações da Direção-Geral da Saúde.   4 - Consulta Externa:   Em resposta à pandemia COVID e após declaração do estado de emergência, as consultas externas presenciais no hospital foram limitadas a situações muito prioritárias mas as teleconsultas permitiram garantir com segurança a continuidade dos cuidados aos utentes do CHTV. Na fase de desconfinamento, foi possível retomar as consultas presenciais mas com algumas alterações estruturais e organizacionais, por forma a garantir distanciamento seguro dos utentes e diminuir os tempos de espera e os contactos interpessoais na área das consultas externas, continuando a manter-se em determinadas situações a consulta não presencial. Os horários de funcionamento das Consultas Externas foram alargados para o período das 08-20h.   Implementamos um sistema de triagem na entrada da Consulta Externa, que visa evitar a propagação da COVID-19, para maior segurança dos nossos utentes e profissionais de saúde. Assim, fornecemos solução alcoólica para a higienização das mãos, uma máscara de proteção respiratória individual a todos os utentes e medimos a temperatura através de termómetro de captação de infravermelho de testa. Estamos certos que a triagem aos utentes na entrada da Consulta Externa irá minimizar o risco de focos de infeção vindos do exterior, bem como reforçar a segurança de todos.   Na fase atual os utentes do CHTV devem cumprir as seguintes regras: - Aguardar convocação por carta ou por via telefónica e em caso de dúvida sobre agendamentos de consultas fazer uso de telefone ou endereço de email do CHTV para esclarecimentos - Comparecer na área das Consultas Externas apenas 15 a 30 minutos antes da hora agendada para evitar aglomerações - Aguardar no exterior do edifício respeitando as distâncias de segurança e mantendo a máscara social, na fila única correspondente à consulta - Colaborar no processo de triagem de segurança à entrada do edifício, onde se procederá à avaliação da temperatura corporal e será colocada uma máscara cirúrgica limpa - No átrio principal das Consultas Externas, os utentes devem aceder ao Balcão Central em fila única, sendo que aí serão distribuídos por 4 postos de atendimento (3 para adultos e 1 para crianças) onde será efetivada a consulta - Após efetivação da consulta, os utentes deverão dirigir-se diretamente ao Setor de Consulta designado, não sendo necessário nenhum contacto administrativo adicional nos secretariados dos Setores - Existe sinalização horizontal no corredor principal com codificação por cores para facilitar a circulação interna entre os Setores de Consulta, o Laboratório de Patologia Clínica, a Imagiologia e os Exames Especiais   O Hospital preparou um sistema para consultas não presenciais, por telefone, para os casos de consultas de continuidade, doentes crónicos ou outros esclarecimentos adequados, sendo que se disponibiliza aqui o contato telefónico por especialidade, e com horário disponível, que se pede que seja cumprido:  

Consulta de Interrupção Voluntária da Gravidez

Segunda a sexta-feira das 15h00 às 16h00 - 969 375 305

 Atualizado a 4 de Junho

Serviço de Ortopedia - Actualizado no dia 27 de Abril Serviço de Oncologia - Actualizado no dia 3 de Abril Serviço de Pediatria - Actualizado no dia 1 de Abril   5 - ULGA - SIGIC:     6 - Conta Donativos Combate ao COVID-19   ler mais 
15/01/2020

Plano de Contingência Sazonal no CHTV

Ao contrário de outras zonas geográficas do País, na região de Viseu apenas agora se assistiu a um aumento crescente de casos de infeções respiratórias, e de descompensações de patologias crónicas, coincidentes com o início de temperaturas mínimas mais baixas. Tal como em anos anteriores houve necessidade de reorganizar a distribuição de camas, tendo sido necessário alocar camas dos Serviços Cirúrgicos para internar doentes com infeções respiratórias, bem como descompensações de patologias crónicas precipitadas pelas temperaturas mais baixas, o que irá levar naturalmente ao cancelamento de algumas cirurgias A importância da implementação de Planos de Contingência, como o que o CHTV tem já em curso, visa assegurar nesta fase do inverno, uma resposta adequada ao aumento da incidência das infeções respiratórias na nossa população (maioritariamente devidas à atividade sazonal da gripe) e garantir também resposta à maior procura de cuidados de saúde por descompensação de doenças crónicas (especialmente nas crianças, doentes crónicos e idosos) é para o CHTV uma prioridade. Desta forma e em linha com as recomendações do Ministério da Saúde, o CHTV, procedeu à implementação do Plano de Contingência para a gripe 2019/2020 pretendendo perante esta necessidade acrescida de cuidados clínicos, reduzir a vulnerabilidade dos grupos de risco, aumentar a capacidade de resposta e articulação das diferentes Unidades de Saúde, e sensibilizar ainda os profissionais de saúde e a população sobre estas questões e as suas consequências. O CHTV apela também para a importância da utilização racional dos Serviços de Saúde por parte dos utentes, evitando na  medida do possível, recorrer desnecessariamente ao Serviço de Urgência hospitalar. Em alternativa, será sempre importante o contacto prévio e cumprimento das recomendações dadas pela Linha Saúde 24 (808242424) ou o atendimento no Centro de Saúde. As pessoas que tenham síndrome gripal deverão abster-se de vir visitar familiares, e no caso de ser totalmente imprescindível serão disponibilizadas máscaras nos balcões de atendimento. As visitas deverão abster-se de violar as regras e ir visitar pessoas em serviços distintos. Precisaríamos ainda de apelar a todas as famílias para virem buscar atempadamente os seus familiares que tiveram já alta, para ser possível libertar camas para os doentes que necessitam de ser internados. O Centro Hospitalar Tondela Viseu agradece toda a compreensão por parte da população e utentes.     ler mais